×

Mundo dos Vistos

ATIP para o Canadá: o que é e como solicitar o seu

ATIP para o Canadá: o que é e como solicitar o seu

Você já ouviu falar em ATIP para o Canadá? Se o seu visto não foi aprovado, o ATIP pode ser um incrível aliado para reverter a situação.

O Canadá é o destino dos sonhos de muitas pessoas. No entanto, a etapa de solicitação do visto para o país pode causar uma certa ansiedade. E não é por acaso. Pedir o visto canadense é um processo burocrático, com várias etapas e que requer diversos tipos de documentos.

E, como se não bastasse, sempre existe a possibilidade de que o pedido de visto seja negado. E aí vem a frustração, já que não será possível prosseguir com os planos de visitar o país.

Mas há uma poderosa ferramenta que pode lhe ajudar a reverter esta situação. Se o que você procura é ter o seu visto canadense aprovado, continue a leitura.

Por que o meu visto canadense foi negado?

Quando uma pessoa solicita o visto para entrar em um país, há um processo por parte do governo. Ao fim do procedimento, ele pode autorizar ou recusar o pedido. Cada nação tem os seus próprios parâmetros para decidir quem pode ou não entrar no território.

O oficial canadense que analisa os pedidos de visto irá considerar diversos fatores antes de autorizar a entrada do viajante. Dependendo de cada caso, o visto para o Canadá pode ser recusado sem uma justificativa muito detalhada.

Veja alguns critérios mais importantes para que uma solicitação de visto para o Canadá seja aprovada:

Documentação:

Há uma lista de documentos que devem ser apresentados para fazer a solicitação do visto. Se a pessoa esquecer ou não entregar algum deles, as chances de ter o visto recusado são grandes.

Também é preciso que todos os papéis estejam perfeitamente legíveis, sem nenhum tipo de rasura ou de danos. Documentos com as letras manchadas ou borradas, por exemplo, costumam ser mal vistos pelos oficiais canadenses.

Motivo da viagem:

É necessário explicar o que, exatamente, você pretende fazer no país. Também é necessário dizer por quanto tempo você pretende permanecer no território canadense.

Se você pretende fazer turismo, por exemplo, descreva os locais que mais chamam a sua atenção e que pretende visitar. Explique também o motivo que o levou a escolher o Canadá como destino.

E, nunca é demais lembrar: seus planos de viagem não devem exceder o tempo máximo para o visto que você está solicitando.

Comprovante de rendimentos:

Você deve comprovar que possui recursos financeiros para pagar por todos os seus planos de viagem para o Canadá. É importante ter atenção para que o seu comprovante de rendimentos esteja de acordo com os planos de viagem.

Se você escrever que pretende se deslocar para diversas cidades ou se hospedar em lugares de alto padrão, será necessário mostrar que você tem como pagar por tudo isso.

Comprovante de renda:

Não basta provar que você pode pagar pelos seus planos durante a estadia no Canadá. É necessário também mostrar ao governo que este dinheiro não foi obtido de forma duvidosa ou ilegal.

Por este motivo, é importante anexar ao pedido de visto documentos como: declaração do imposto de renda, contracheque, contratos de prestação de serviço (caso você não trabalhe com carteira assinada), entre outros.

Vínculo com o Brasil:

Uma das preocupações do governo é a possibilidade de que a estadia do viajante seja maior do que o permitido. Por este motivo, é importante mostrar que você tem a intenção de retornar ao Brasil no prazo correto.

Ter um emprego, estudar, possuir bens e ter família são formas de mostrar que você pretende voltar para o Brasil.

Antecedentes criminais:

Caso a pessoa já tenha sofrido algum tipo de condenação da justiça, o visto poderá ser negado. O mesmo ocorre com pessoas que já foram extraditadas de outros países. O princípio aqui é que o perfil do viajante não se adequa às exigências do governo canadense.

Saúde:

Quem for solicitar o visto para estudos, trabalho ou residência no país deverá fazer um exame de saúde. Este procedimento ocorre aqui no Brasil, em uma clínica credenciada pelo governo canadense. Caso a pessoa tenha algum problema de saúde crônico ou que seja grave, o visto poderá ser recusado.

Divergência nas informações:

É preciso que todas as informações prestadas durante o preenchimento do formulário coincidam com a documentação fornecida.

Isso porque informações diferentes podem ser entendidas pela pessoa que irá analisar o seu visto como omissão ou mentira. E, neste caso, o seu pedido para obter o visto poderá ser negado.

Meu pedido de visto para o Canadá foi negado. Como reverter a situação?

Você pode tentar reverter uma solicitação de visto que foi recusada, desde que não haja nenhuma restrição para isso. E o primeiro passo para ter sucesso é descobrir por que o seu pedido foi negado pela primeira vez.

O problema é que nem sempre o motivo que levou à recusa fica claro. Na maior parte dos casos, a justificativa do oficial que negou o seu visto pode parecer vaga ou incompleta.

Então, para saber exatamente o que houve de errado, o ideal é solicitar um ATIP: Access to Information Act. Veja o que, exatamente, é o ATIP, quem pode solicitar e como utilizar este recurso para ter o visto aprovado.

O que é o ATIP para o Canadá?

Em uma tradução literal, a sigla ATIP significa Ato de Acesso à Informação. Ou seja, ele garante o acesso aos registros feitos por instituições governamentais.

Uma dessas instituições é justamente o Departamento de Cidadania e Imigração do país. Quando um oficial deste departamento recusa um pedido de visto para o Canadá, ele precisa deixar registrado, de forma detalhada, os motivos que o levaram a negar a solicitação.

Portanto, este registro feito no Departamento será bem mais completo do que aquele que está escrito na carta de recusa. Portanto, você pode recorrer ao ATIP para saber, de forma detalhada, porque o seu pedido de visto não foi concedido.


Qualquer pessoa pode pedir o ATIP para o Canadá?

A questão é que solicitar o ATIP não é uma tarefa tão simples. Isto porque nem todas as pessoas podem fazer esta solicitação.

Apenas residentes permanentes, cidadãos e empresas canadenses podem pedir o ATIP. A boa notícia é que as pessoas e instituições aptas podem solicitar o ATIP para terceiros.

Ou seja: uma empresa que fica no Canadá, um cidadão do país ou uma pessoa que more no território em caráter permanente podem solicitar o ATIP para você.

Então as informações sobre o meu visto ficam disponíveis para todos?

Não exatamente. Veja bem: qualquer cidadão ou empresa canadense pode pedir o ATIP. Mas, como a solicitação de visto contém diversas informações pessoais, elas só serão liberadas mediante a sua autorização.

Por exemplo: Marcos é brasileiro e tem uma amiga, Andrea, que é cidadã canadense. Marcos solicitou um visto para o Canadá e ele foi recusado. Andrea pode solicitar o ATIP para descobrir por que o visto de Marcos foi negado. Mas para isso é preciso que Marcos autorize o governo do Canadá a fornecer o ATIP para Andrea. Sem o consentimento de Marcos, Andrea não poderá ter acesso às informações.

Passo a passo para solicitar o ATIP para o Canadá

Agora você já sabe o que é o ATIP e quem pode fazer o pedido. Então, é hora de descobrir como fazer esta solicitação.

1. Escolha um representante. Lembre-se de que o ATIP só é concedido para residentes, cidadãos ou empresas canadenses. Se você não conhece ninguém que atenda a estes requisitos, entre em contato conosco. Temos ampla experiência em solicitar o ATIP e oferecemos o suporte completo para que você possa solicitar o ATIP de forma rápida, fácil e com sucesso.

2. Preencha o formulário IMM-5744E. Ele autoriza que o governo libere as suas informações pessoais para o seu representante no Canadá. Além do formulário, você também deverá anexar uma cópia do seu passaporte. Não esqueça de colocar a data e assinar o formulário à mão.

3. Aguarde. O tempo para que as informações sejam liberadas através do ATIP é de, aproximadamente, 30 dias. Lembre que este prazo pode variar de acordo com cada caso. O seu representante canadense poderá acompanhar o processo através da internet.

Consegui o meu ATIP para o Canadá. Qual é o próximo passo?

Quando você tiver o seu ATIP em mãos, é o momento de agir de forma estratégica. O primeiro passo é analisar cuidadosamente o que está escrito.

Isso possibilita descobrir por que o seu visto foi negado pela primeira vez. Conforme dissemos no início, há diversos motivos que podem causar a recusa por parte do governo.

O ATIP trará informações bem detalhadas e, com isso, você saberá o que aconteceu no seu caso em particular.

Depois de saber o que motivou a recusa, você poderá anexar documentos extras e informações adicionais para fazer um novo pedido de visto. Aí basta aguardar o novo resultado.

Quero solicitar meu ATIP para o Canadá agora mesmo! Como devo proceder?

Como você provavelmente pode perceber, o ATIP para o Canadá pode ser fundamental para que você possa obter o visto autorizando sua entrada no país. No entanto, para obter este documento você precisará contar com ajuda de um residente, cidadão ou empresa canadense.

Por isso, a melhor dica para obter o ATIP para o Canadá é contratar uma assessoria especializada. Temos o conhecimento e os meios para fazer todo o procedimento de forma rápida, fácil e descomplicada.

Se você está em dúvida sobre como solicitar o ATIP para o Canadá, fale conosco agora mesmo. Temos ampla experiência em todos os passos do processo e poderemos cuidar de toda a documentação, sem perder nenhum prazo importante.

Além disso, a Mundo dos Vistos está preparada para fazer toda a análise das informações do seu ATIP. Também podemos orientar você sobre o que fazer para reverter um visto negado para o Canadá

Consiga o seu ATIP para o Canadá agora mesmo. Entre em contato com a Mundo dos Vistos.


Conteúdos relacionados

/images/vistoCAD.jpg

Como tirar um visto canadense?

Veja um passo a passo de como tirar seu visto para o Canadá

/images/passaporte.jpg

Como tirar o passaporte

Como tirar passaporte: tire suas dúvidas com esse passo a passo

/images/fees.jpg

Quanto custa o visto canadense?

Saiba os valores das taxas consulares para vistos canadenses

Atenção:

Esta página é apenas para fins informativos e não constituem um contrato. Como tal, qualquer informação contida neste site está sujeita a alterações com ou sem aviso prévio. A Mundo dos Vistos não se responsabiliza por estas mudanças. Busque sempre informações atualizadas.