×

Mundo dos Vistos

Visto para Cuba 2022: Passo a passo Completo

Como tirar o visto para Cuba

Cuba é um dos países que ainda exige visto dos brasileiros que tem menos burocracia para o processo. Ele pode, inclusive, ser comprado no portão de embarque da companhia aérea, como veremos ao longo deste artigo.

Neste artigo, você vai descobrir o passo a passo para tirar o seu visto para Cuba e todas as maneiras pelas quais você pode conseguir o documento, além de toda a documentação exigida para a entrada no país.

Passo a passo para retirar o visto na Embaixada ou Consulado

No Brasil, existem 4 representações consulares de Cuba: a Embaixada, em Brasília, e Consulados em São Paulo, Salvador e Manaus.

Para fazer a solicitação em uma dessas representações, é preciso apresentar a seguinte documentação:

  • Formulário do visto de turista devidamente preenchido e assinado;
  • Passaporte válido;
  • Passagem aérea de ida e volta;
  • Reserva de hotel com endereço e telefone;
  • Comprovante de pagamento da taxa consular, que deve ser anterior ao pedido do visto.

Para a lista atualizada, clique aqui.

Não é preciso comparecer pessoalmente, qualquer pessoa pode fazer o requerimento. Em caso de viagem em grupo, por exemplo, uma pessoa pode ir representando todo o grupo. Entretanto, será cobrada uma taxa extra. Por isso, é essencial entrar em contato antes com o Consulado para saber exatamente o valor total das taxas a ser pago.

Outra vantagem é que quem comparece pessoalmente já sai de lá com o documento, que é emitido na hora.

Visto para Cuba adquirido no aeroporto

Uma alternativa diferente, que não comum para outros destinos, é a aquisição do visto no próprio aeroporto. Mas isso apenas para quem viaja por companhia aérea específica, e são poucas. O ideal é já sair com o visto do Brasil.

Essa empresa oferece para os seus passageiros a opção de adquirir o visto para Cuba no balcão de check-in, no momento do embarque.

De qualquer forma, caso você vá nesse voo, o recomendado é escolher outra forma de obter o visto com antecedência.


Visto para Cuba nos portos de embarque de cruzeiros

Assim como algumas companhias aéreas vendem o visto no momento do embarque, o mesmo ocorre com as empresas que fazem cruzeiros que possuem parada em Cuba.

Entretanto, o valor cobrado por essas empresas é mais alto do que nos aeroportos. Algumas chegam a cobrar USD100 pelo documento, mas o valor normalmente praticado é o de USD70.

Validade do visto para Cuba

O visto para Cuba dá direito a apenas uma entrada na ilha e normalmente tem o prazo de validade de 30 dias, contados da data de chegada. Esse prazo pode ser prorrogado uma única vez por mais 30 dias.

Valor do visto para Cuba e forma de pagamento das taxas

O valor do visto por pessoa, para quem comparece pessoalmente à Embaixada ou a um Consulado é de R$ 181,00.

O pagamento deve ser feito por meio de depósito ou transferência bancária. Não são aceitas outras formas de pagamento como pix, cheque, depósito por meio de envelope, cartão de crédito etc.

O Consulado que você optar por ir pessoalmente ou enviar a documentação pelos Correios passará as informações da conta para a realização do depósito e/ou transferência.

Como dissemos, o pagamento deve ser feito antecipadamente e, ao chegar na Embaixada ou Consulado, o comprovante deve ser apresentado com o restante da documentação.

Documentos necessários para entrada em Cuba

Para entrar na ilha, além do visto de turismo, lá chamado de Tarjeta turística, você vai precisar apresentar seu passaporte válido. Não há exigência de validade mínima, bastando que o passaporte esteja válido até a data de partida da ilha.

Além disso, você também deve apresentar Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) contra a Febre Amarela. O documento é emitido gratuitamente e online pela Anvisa. O Certificado deve ter sido emitido pelo menos 10 dias antes da data do embarque.

Outro documento obrigatório para entrar na ilha é o Seguro Viagem. Mas não pode ser qualquer seguro, ele precisa ser válido em Cuba. Por isso, é sempre bom consultar empresas especializadas em seguros-viagem para saber quais são aceitos por lá.

Dica importante

Apesar de o foco do artigo ser a obtenção do visto para Cuba, não podemos deixar de dizer que, para um país que tem tantas questões relevantes, causa uma certa estranheza que não seja exigido comprovação financeira de que a pessoa tem condições de bancar a sua estadia.

Mas o que pretendemos destacar é que não vale a pena levar dólares para Cuba. Mesmo depois de os dois países terem reatado as relações, as operações realizadas em dólares americanos são taxadas em 10%. Por isso, caso utilize dólares, você vai acabar pagando mais caro em todas as suas compras.

Por essa razão, a moeda ideal para levar para Cuba é o Euro.

Cuba tinha duas moedas até o final de 2020, o que acabava causando uma grande confusão para turistas e moradores. Isso porque havia valores diferenciados em CUPs e CUCs, como eram chamadas as moedas.

Entretanto, em 1º de janeiro deste ano as moedas foram unificadas. Agora, a punica moeda vigente é o peso cubano. O valor estabelecido para a moeda é de 24 pesos cubanos por 1 dólar americano.

Essa mudança favoreceu os turistas que visitam a ilha, porém ocasionou uma alta no poder aquisitivo da população, pois aumentou consideravelmente os salários. Com isso, os preços na ilha de uma maneira geral também aumentaram bastante e essa diferença pode ser sentida até mesmo por quem visita a ilha pela primeira vez.


Conteúdos relacionados

/images/italia.jpg

5 Curiosidades sobre a Itália

Saiba mais sobre a Itália com essas curiosidades interessantes.

/images/doubt1.jpg

Preciso de visto?

Países que precisam de visto: saiba quais são e viaje tranquilo