×
  • Estamos com nosso atendimento normalizado. Por medidas de segurança, pedimos que os atendimentos presenciais sejam agendados clicando aqui.

Mundo dos Vistos

<?=$resultPrint[nomeimg];?>

Precisa de visto para Portugal? Veja as dicas da Mundo dos Vistos

Um ótimo destino europeu tanto para férias quanto para moradia ou estudos, Portugal é um país que oferece uma gama de opções para todos. Não é à toa que é um dos destinos que mais chama a atenção dos brasileiros.

A Terra-mãe chama a atenção por ser um destino com belas paisagens, gastronomia excelente, vinhos únicos, povo acolhedor e, principalmente, a ótima qualidade de vida por um baixo custo.

Por isso, preparamos este artigo para esclarecer todas as dúvidas de quem precisa de visto para Portugal, seja para umas boas férias ou para estabelecer residência no país. Continue lendo para saber.

Quem precisa de visto para entrar em Portugal?

Tirando o passaporte, um documento que é necessário para qualquer viagem internacional (menos no Mercosul, onde é possível viajar com a identidade original), brasileiros podem entrar em Portugal sem a necessidade de visto para permanecer até 90 dias em terras lusitanas.

Isso para os casos específicos de:

  • Turismo;
  • Cobertura jornalística;
  • Negócios;
  • Missão cultural.
  • São as regras estabelecidas para países que fazem parte do Espaço Schengen (países da UE e associados que aboliram o controle de fronteiras internas). O prazo de 90 dias pode ser prorrogado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, mas que não exceda mais 90 dias.

    Para os turistas brasileiros que pretendem visitar Portugal pelos motivos acima, serão pedidos os seguintes documentos na imigração:

  • Passaporte com validade maior que 3 meses à duração da estada prevista;
  • Bilhetes da viagem aérea (ida e volta);
  • Comprovante de reserva do hotel ou carta-convite da pessoa que irá recebê-lo;
  • Seguro de viagem;
  • Comprovantes que atestem que você é capaz de se sustentar financeiramente pelo tempo da sua estada. O valor mínimo exigido pela migração é de 75 € para entrar no país e mais 40 € por pessoa e por dia.
  • O que não significa que a entrada de brasileiros em Portugal esteja garantida, já que os agentes de fronteira podem barrar sua entrada no país caso você não cumpra os requisitos. Encerrando sua viagem muito antes do que você gostaria.

    Qual valor mínimo para entrar em Portugal?

    Como dissemos, um dos pontos essenciais para sua entrada em Portugal como turista é comprovar que você tem condições de se sustentar pelo tempo que permanecerá no país.

    Por exemplo, se você escolher permanecer pelo período de 10 dias, precisará de, no mínimo, 475 € para entrar (75 + [40x10]). Além de comprovar que terá condições de arcar com gastos como moradia e alimentação.

    Mas tal comprovação pode ser dispensada se um cidadão português apresentar uma carta-convite ou um termo de responsabilidade se responsabilizando pela pessoa que está recebendo, garantindo os gastos citados acima.

    Como conseguir visto para estudar em Portugal?

    Portugal é um destino muito procurado para estudar, devido às suas ótimas opções acadêmicas e ensino de excelente nível. E um motivo extra para brasileiros: muitas faculdades oferecem bolsas de estudo baseadas nas notas do ENEM.

    Se você precisa de visto para Portugal por motivos estudantis, deve apresentar os seguintes documentos:

  • Declaração assinada pelo estudantes relatando o objetivo da sua permanência no país;
  • Matrícula ou carta de aceite fornecida pela instituição de ensino;
  • Comprovar meios de sustento para morar em Portugal;
  • Comprovante de alojamento, carta-convite ou contrato de aluguel;
  • Atestado de antecedentes criminais;
  • Seguro médico de viagem internacional ou solicitar PB4;
  • Cópia do passaporte válido, com prazo maior que 1 ano e 3 meses (15 meses);
  • Cópia da identidade;
  • Cópia do pagamento da matrícula e mensalidades;
  • Declaração de ciência de que o aluno não pode viajar para o país sem o visto de estudante;
  • Formulário de pedido de visto preenchido;
  • Duas fotos 3x4 recentes;
  • Autorização ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras para uma verificação do registro criminal.
  • Após a entrega e análise dos documentos listados acima, você passará por uma entrevista na sede do consulado mais próximo.
  • Após a entrega e análise dos documentos listados acima, você passará por uma entrevista na sede do consulado mais próximo.

    Como ir para Portugal para trabalhar?

    As autoridades portuguesas também prevêem a entrada de pessoas que pretendem exercer atividades profissionais. Elas podem ser temporárias ou até mesmo permanentes, no caso de você decidir por morar no país.

    Antes de dar entrada no visto, você precisa entender em qual categoria se encaixa:

    Visto Temporário

    É o visto dedicado para quem irá exercer trabalhos ou precisa entrar no país por um período de até 13 meses. O visto de estada temporária de divide em vários tipos como, por exemplo:

  • Visto de estada temporária para tratamento médico por até 12 meses;
  • Visto de estada para acompanhar familiar em tratamento médico por até 12 meses;
  • Visto temporário para o exercício de uma atividade profissional independente;
  • Visto temporário para exercício de uma atividade desportiva amadora;
  • Visto para exercício de atividade docente em uma instituição de ensino superior, investigação científica ou atividade altamente qualificada;
  • Visto temporário para trabalho sazonal por mais de 90 dias (e máximo 270 dias).
  • Clique aqui para ver mais tipos de vistos temporários. Para cada tipo de visto acima, uma gama de documentos diferentes deve ser apresentada.

    Custo do visto temporário para Portugal

    O valor para o visto temporário é de R$ 676,35 (em 12/03/2021), valor que já inclui:

    A taxa consular (R$ 497,31);

    A taxa de processamento (R$ 165,77);

    E a taxa de transferência (R$ 13,27).

    As taxas para visto temporário devem ser pagas no dia da entrevista no consulado, no cartão de débito, crédito ou depósito bancário. Dinheiro não é aceito.

    Agora vamos falar com aqueles que querem saber como ir a Portugal para fixar moradia.

    Os vistos de residência em Portugal são aplicados para aqueles que forem permanecer no país para trabalhar por um período maior que 9 meses e derem entrada na solicitação AR no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

    Os tipos de vistos para residência são:

  • Visto de residência para atividades profissionais;
  • Visto para exercício de atividades independentes ou emigrantes empreendedores e Start Ups;
  • Visto para atividade docente, altamente qualificada ou cultural, e altamente qualificada exercida por trabalhador subordinado;
  • Visto de residência para investigação (realização de pesquisas), estágio, voluntariado ou intercâmbio estudantil;
  • Visto de residência para aposentados, religiosos e pessoas que vivem de rendimentos.
  • Assim como o visto temporário, cada uma dessas categorias possui uma gama diferente de documentos que devem ser apresentados.

    Custos do visto de residência para Portugal (em 12/03/2021)

    As taxas para o visto de residência são mais elevadas que as do visto temporário, num valor total de R$ 777,82, dividido entre as seguintes taxas:

  • Taxa consular (R$ 596,78);
  • Taxa de processamento (R$ 165,77);
  • Taxa de transferência (R$ 15,27).
  • Da mesma forma que o visto temporário, o valor deve ser pago no dia da entrevista no consulado e não é aceito pagamento em dinheiro. Apenas cartão (débito ou crédito) e depósito bancário.

    Como tirar o visto para Portugal?

    Se você quer tirar o seu visto para Portugal, seja para turismo ou moradia, fale conosco. A Mundo dos Vistos irá instruir e ajudar você com os documentos e taxas, para que o processo seja o mais simples e rápido possível, sem dor de cabeça.

    E fique de olho no nosso blog para mais dicas como essa.

    Dúvidas Frequentes sobre visto para Portugal

    Para entrar em Portugal, é preciso que cada pessoa tenha 75 € + 40 € para cada dia de permanência no país. Então, no caso de permanecer uma semana em terras lusitanas, é preciso comprovar que você possui 355 € (75 + [40x7]).
  • Passaporte com validade maior que 3 meses à duração da estada prevista;
  • Passagens da viagem aérea (ida e volta);
  • Comprovante de reserva do hotel ou carta-convite da pessoa que irá recebê-lo;
  • Seguro de viagem;
  • Comprovantes que atestem que você é capaz de se sustentar financeiramente pelo tempo da sua estada. O valor mínimo exigido pela migração é de 75 € para entrar no país e mais 40 € por pessoa e por dia.
  • O valor varia dependendo da sua nacionalidade e do motivo da sua viagem. Em 12/03/2021 os valores são:
  • Escala Aeroportuária - R$ 265,24
  • Escala Aeroportuária (crianças entre 6 e 12) - R$ 154,72
  • Curta duração (de 1 a 90 dias) - R$ 265,24
  • Curta duração (de 1 a 90 dias para crianças entre 6 e 12) - R$ 154,72
  • Validade Territorial Limitada - R$ 397,85
  • Validade Territorial Limitada (crianças entre 6 e 12) - R$ 232,08
  • Residência - R$ 777,82
  • Estada Temporária - R$ 676,35
  • Vistos em Passaportes Diplomáticos/Serviço - 0,00
  • Vistos para de Bolseiros (apenas da CAPES) - R$ 60,00
  • Vistos para exercer atividade altamente qualificada - R$ 60,00
  • Menores de 6 anos - 0,00
  • Familiares de Membros da UE e CEE - 0,00
  • Casos em que o visto não é exigido para entrar no país (no prazo máximo de 90 dias):
  • Turismo;
  • Cobertura jornalística;
  • Negócios;
  • Missão cultural.

  • Conteúdos relacionados

    /images/italia.jpg

    5 Curiosidades sobre a Itália

    Saiba mais sobre a Itália com essas curiosidades interessantes.

    /images/passaporte.jpg

    Como tirar o passaporte

    Como tirar passaporte: tire suas dúvidas com esse passo a passo

    /images/portugal.jpg

    Precisa de visto para Portugal?

    Saiba se precisa de visto para Portugal. Veja as dicas imperdíveis!