×

Mundo dos Vistos

Visto de Visto de residência para aposentados ou titulares de rendimentos D7 para Portugal

Visto

Visto de residência para aposentados ou titulares de rendimentos D7 para Portugal

Portugal disponibiliza o Visto de residência para aposentados ou titulares de rendimentos D7, para quem deseja aproveitar a aposentadoria sob o sol europeu.

Expertise

Orientação especializada para maximizar chances de sucesso

Personalização

Estratégias adaptadas às suas necessidades individuais

Tranquilidade

Deixe a parte burocrática conosco

Vantagens em nos contratar

Escolher nossos serviços é optar por expertise e eficiência. Com uma equipe dedicada e profissional, simplificamos o processo complexo para você. Garantimos suporte total, documentação precisa e orientação em cada etapa. Sua jornada rumo ao visto começa aqui.

  • Acompanhamento até a finalização do processo
  • Análise completa de seu perfil;
  • Elaboração de uma lista de documentos específica para sua situação
  • Preenchimento dos formulários

Informações importantes

  • Tempo médio de processamento ¹: ND
  • Estimativa de liberação ²: ND
  • Capital do país: Lisboa
  • Moeda do país: Euro
  • Cotação da moeda ³: ND
  • Idioma oficial: Português
¹ O tempo é aproximado e em nenhum momento se pode garantir a liberação na data apresentada.
² A estimativa é calculada somando a data de hoje e o prazo médio.
³ A cotação da moeda, quando disponível, pode não representar o valor real devido a variações cambiais.

Valores

Taxa consular

R$ 653,34

Honorários

R$ 990,00

Documentos necessários

Lista de documentos para Visto de residência para aposentados ou titulares de rendimentos D7 para Portugal Veja a lista básica de documentos necessária para: Visto de residência para aposentados ou titulares de rendimentos D7 para Portugal
  • Documentos básicos
  • Formulário de Pedido de Visto preenchido e assinado;
  • Original e cópia autenticada do passaporte (somente páginas de identificação e das folhas usadas); O passaporte deve ser válido por mais 3 (três) meses, finda a validade do visto;
  • Duas fotos 3x4 coloridas e recentes;
  • Declaração assinada pelo requerente de visto explicando os motivos do pedido de visto, indicando o local de alojamento e período que pretende permanecer em Portugal;
  • Atestado de antecedentes criminais: O atestado de antecedentes criminais brasileiro a ser apresentado é o emitido pelo site da Polícia Federal;
  • Autorização SEF: Autorização destinada ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras para consulta ao registo criminal português do requerente (exceto para menores de 16 anos).
  • Seguro médico internacional de viagem: A apólice de seguro deve incluir a cobertura de repatriação por motivos médicos, necessidade urgente de atenção médica e tratamento hospitalar de emergência;
  • Declaração de ciência do fato de não dever viajar a Portugal sem o devido visto;
  • Cópia da carteira de identidade ou carteira de motorista;
  • Cópia autenticada da certidão de casamento, caso seja casado(a);
  • Cópias autenticadas das certidões de nascimento dos filhos, caso se aplique;
  • Comprovativo dos meios de subsistência:
  • O requerente que vai viver de seus rendimentos oriundos de aplicações financeiras, imóveis ou participação em empresas deve apresentar a cópia da última declaração de imposto de renda do Brasil e extrato bancário de conta em Portugal com saldo mínimo de 7200 Euros.
  • O valor deve ser maior caso o requerente de visto seja responsável financeiramente por seu agregado familiar (segundo ou mais adultos + 50 % e crianças com idade inferior a 18 anos e filhos maiores a cargo + 30 %)
  • O requerente aposentado deve apresentar a cópia da última declaração de imposto de renda do Brasil e cópia dos três últimos recibos de aposentadoria.
  • Deve apresentar também o documento comprovativo de que vai passar a receber a sua aposentadoria em Portugal ou, em alternativa, o extrato bancário de conta em Portugal com saldo mínimo de 7200 Euros. A Conta bancária (conta corrente) em Portugal precisa ser estar aberta há pelo menos 3 meses com movimentação de depósitos antes da aplicação para comprovar pelo menos o mínimo rendimentos para se manter em Portugal
  • O valor deve ser maior caso o requerente de visto seja responsável financeiramente por seu agregado familiar (segundo ou mais adultos + 50 % e crianças com idade inferior a 18 anos e filhos maiores a cargo + 30 %)
  • Alojamento:
  • O alojamento pode ser comprovado através da apresentação de um dos seguintes itens:
  • Comprovante de arrendamento ou compra de imóvel em nome do requerente;
  • Carta-convite feita por um cidadão que resida legalmente em Portugal, dizendo que irá hospedar o requerente durante o tempo que for necessário;
Seu visto em boas mãos, com profissionais qualificados e dedicados.

Atenção:

Esta página é apenas para fins informativos e não constituem um contrato. Como tal, qualquer informação contida neste site está sujeita a alterações com ou sem aviso prévio. A Mundo dos Vistos não se responsabiliza por estas mudanças. Busque sempre informações atualizadas.

Conheça nosso grupo:

Não importa o seu destino, nós facilitamos!