×

Mundo dos Vistos

Como tirar um visto de trânsito para os Estados Unidos?

Como tirar um visto de trânsito para os Estados Unidos?

Tópicos

Visto americano de trânsito: guia completo

Você conhece o visto americano de trânsito? Estamos falando das categorias C1 e C1/D. Elas podem facilitar bastante o trajeto de pessoas que estão a caminho de um país estrangeiro.

Principalmente quanto a rota de viagem torna necessário entrar e permanecer em território americano poder chegar ao destino final. Por exemplo: digamos que você vai viajar para o Canadá. Acontece que seu voo fará uma conexão ou escala em um aeroporto americano.

Neste caso, será imprescindível que você tenha o visto americano de trânsito. Portanto, você deverá providenciar seu visto C1 ou C1/D o quanto antes.

Quer descobrir como obter seu visto americano de trânsito com rapidez e facilidade? Continue lendo e saiba mais.

Tenha total tranquilidade na hora de tirar o visto americano:

O processo para tirar o visto americano é burocrático e será necessário passar por mais de uma etapa.

Por isso, a melhor forma de solicitar o seu visto é contar com uma assessoria especializada.

A Mundo dos Vistos tem um time com ampla experiência para que você possa viajar para qualquer destino. Nós podemos cuidar de todas as formalidades. Tornamos um procedimento longo e complicado em algo simples, com total comodidade para a sua viagem.

Oferecemos a orientação completa para dar entrada no visto americano e preparamos você para a entrevista. Além disso, estamos atentos para não perder nenhum prazo.

O que é o visto americano de trânsito

O que é o visto americano de trânsito

Como o nome indica, o visto de trânsito é feito para facilitar as diversas rotas de viagem internacionais. É muito comum que os trajetos de avião ou de navio façam paradas entre o ponto de saída e o ponto de chegada.

Quando se trata de uma rota internacional, o viajante precisará entrar e permanecer por algumas horas em um país estrangeiro. São as chamadas escalas ou conexões. Antes de continuarmos, entenda a diferença entre escala e conexão:

Escala: Ocorre quando o seu voo faz uma pausa em território estrangeiro, sem que seja necessário trocar de aeronave.

Conexão: Acontece quando o passageiro precisa trocar de avião para poder continuar o trajeto conforme o planejado.

Observação: Meios de transporte aquático, como navios, também podem fazer conexões ou escalas ao longo do trajeto.

Portanto, quem está de viagem programada por meio marítimo, como é o caso de cruzeiros internacionais, também precisará obter o visto de trânsito.

O que é necessário?

Entenda porque o visto americano de trânsito CV1 e C1/D é necessário

Algumas pessoas acreditam que não irão precisar do visto de trânsito, uma vez que ficarão apenas no aeroporto. Mas fique atento.

Os aeroportos e portos americanos pertencem ao território dos Estados Unidos. Logo, qualquer pessoa que deseje entrar nestas áreas deverá apresentar o visto dentro da data de validade.

Ou seja: antes de entrar em um transporte que fará parada nos EUA, o passageiro precisará mostrar o passaporte com visto americano. Caso contrário, o embarque não será permitido.

Contrate especialista em visto Americano

Benefícios do visto americano de trânsito

O visto de trânsito costuma ser concedido com mais facilidade em comparação com os demais tipos de visto americano.

Isso ocorre por alguns motivos. O primeiro está na documentação. O solicitante deve apresentar o itinerário de viagem, com as passagens compradas. Portanto, é simples justificar a necessidade da entrada no território americano com objetivo de trânsito.

Além disso, a permanência nos Estados Unidos para quem tem o visto de trânsito é de curta duração. Portanto, a preocupação do consulado com a conduta do viajante durante a estadia tende a ser menor em comparação com os demais tipos de visto.

Apesar disso tudo, é importante ter em mente que apenas o governo americano pode decidir sobre a concessão do visto. Logo,independente da finalidade, é importante ficar atento à documentação e aos trâmites burocráticos.

Documentos necessários

Documentação necessária para solicitar o visto americano de trânsito

Um fator fundamental para aumentar as chances de que seu visto seja aprovado é ter toda a documentação em ordem. Verifique a lista para obter o visto de trânsito:


    Documentos necessários (obrigatórios):
  • DS160 preenchido de acordo com as normas do consulado;
  • Passaporte válido por pelo menos seis meses a partir da data de viagem;
  • Comprovante de pagamento da taxa consultar;
  • Comprovante de agendamento da entrevista;

  • Documentos adicionais
  • Passagem aérea emitida;
  • Documentos que comprovem sua situação econômica;
  • Documentos que comprovem seus laços familiares;
  • Documentos que comprovem sua situação social;

Quando dar entrada no pedido?

Melhor momento para dar entrada no visto americano de trânsito C1 e C1/D

O procedimento para tirar o visto americano consiste em três etapas principais. São elas:

  • O preenchimento do formulário online;
  • A coleta de biometria no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto);
  • A entrevista no consulado americano

Cada um desses passos tem um prazo específico, que depende da demanda do consulado. Afinal, o cadastro de dados biométricos no CASV e a entrevista presencial ocorrem apenas mediante agendamento.

Por este motivo, é indicado dar a entrada no pedido de visto o mais rápido possível. Isso irá garantir maior tranquilidade ao longo de todos os trâmites burocráticos.

Dúvidas frequentes

Dúvidas frequentes sobre o visto americano de trânsito C1 e C1/D

Você está com dúvidas sobre o visto americano de trânsito? Respondemos às perguntas mais frequentes sobre este assunto. Confira a seguir.

A finalidade do visto C1 e C1/D é permitir que o viajante possa ficar em solo americano durante o trajeto entre dois destinos internacionais.

Portanto, o principal documento para obter o visto de trânsito é a sua passagem, com todas as escalas e conexões previstas pela empresa aérea ou marítima. Desta forma, será fácil comprovar o itinerário a ser seguido.

Caso o visto solicitado seja o C1/D, será necessário comprovar também que você trabalha como tripulante em uma empresa aérea ou marítima.

A resposta varia de acordo com cada caso. O tempo de permanência em solo americano está vinculado ao itinerário de viagem apresentado para a solicitação do visto.

Isto significa que, quando o transporte do passageiro for sair dos Estados Unidos, o passageiro deve ir junto. É por este motivo, inclusive, que o visto de trânsito não é indicado para pessoas que desejam passear pelos EUA.

O visto de trânsito é válido pelo período de até 10 anos. Vale lembrar que, caso o seu passaporte tenha uma data de validade menor, o visto também terá.

Então, verifique com atenção a data do seu documento antes de dar entrada no pedido de visto.

Todos os vistos C1 correspondem à categoria de visto de trânsito para os Estados Unidos. A diferença está nos objetivos da viagem. Pessoas que estão apenas de passagem entre um país e outro devem tirar o visto categoria C1.

Por outro lado, pessoas que estão viajando e trabalhando ao mesmo tempo devem solicitar o visto C1/D. Ele é feito para tripulantes de empresas marítimas ou empresas aéreas, que viajam e prestam serviço durante a viagem.

O primeiro passo para dar entrada no seu pedido de visto é preencher o formulário DS-160. Este passo é feito diretamente no site do governo americano, de forma online e gratuita.

Entretanto, logo após o preenchimento é necessário pagar a taxa consular. Ela varia de acordo com o tipo de visto requisitado. Em relação ao visto C1 e C1/D, o valor é de R$ 1.036,00.

O pagamento pode ser feito por boleto bancário ou cartão de crédito internacional. A análise do seu pedido de visto só tem início depois que o pagamento for confirmado. A taxa é cobrada uma única vez. Portanto, o valor pago inclui todos os trâmites necessários.

Isto é: o processamento do seu pedido de visto, a coleta de biometria e a entrevista no consulado. Vale lembrar que em nenhuma hipótese o governo americano oferece desconto ou isenção da taxa consular.

Depende. Quem tem o visto de turismo pode fazer escala ou conexão sem a necessidade do visto C1.

É bom lembrar, entretanto, que o visto de turismo não permite o exercício de atividades remuneradas em solo americano.

Portanto, todos os tripulantes precisam de um visto específico, o C1/D, ainda que já possuam o visto americano de turismo.

Sim. A coleta de biometria e a entrevista no consulado é uma etapa obrigatória para todas as categorias de visto americano.

A isenção da entrevista para o visto ocorre apenas em dois casos específicos: crianças menores de 13 anos e idosos com mais de 80 anos de idade.

Mesmo nestas duas circunstâncias, entretanto, o consulado se reserva ao direito de exigir a entrevista presencial, caso julgue necessário.

Não. A exigência do visto depende de uma série de acordos internacionais, feitos entre dois ou mais países.

Cada nação tem soberania para decidir quais são as exigências e trâmites burocráticos para admitir a entrada de viajantes estrangeiros.

Por este motivo, há diversos países que não exigem o visto de turismo ou de trânsito para viajantes brasileiros.

Se o seu avião ou navio estiver com paradas programadas para os EUA, você deverá apresentar o visto de trânsito.

A menos, é claro, que você já possua um visto americano de turismo. Caso o seu objetivo seja trabalhar como tripulante, é fundamental ter o visto C1/D no passaporte.

Sim. O visto é individual e é exigido para todas as pessoas que irão entrar em território americano, independente da idade.

Portanto, mesmo bebês, crianças e pessoas idosas precisam solicitar o visto de trânsito para os EUA.

Quero tirar o visto americano com tranquilidade. O que devo fazer?

Como você provavelmente pode perceber, o processo para obter o visto americano é burocrático e pode gerar bastante ansiedade. Por isso, a melhor dica para que tudo corra bem é contratar uma assessoria especializada.

Temos ampla experiência em todos os passos do processo e poderemos cuidar de toda a burocracia, sem perder nenhum prazo importante.

Aqui, na Mundo dos Vistos, podemos lhe orientar sobre todos os passos necessários para sua viagem. Oferecemos todo o suporte para que você saiba :

  • Que tipo de visto você deve pedir;
  • Como proceder para obter o visto;
  • Todas as exigências de documentação de acordo com cada caso;
  • Como se comportar durante a entrevista
  • e muito mais.

Realize o seu sonho. Consiga seu visto americano. Entre em contato com a Mundo dos Vistos já.

Foto de Marcelo Pinto - CEO Mundo dos Vistos
Marcelo Pinto

Marcelo Pinto, CEO da SOS Canadá & Mundo dos Vistos, com mais de vinte anos na indústria de turismo e imigração, se destaca como um empresário apaixonado por conectar pessoas a novas culturas e oportunidades. Formado em Turismo, sua missão é facilitar experiências transformadoras. Especializado em processos de vistos, ele enxerga cada cliente como uma história única, buscando transformar seus sonhos em realidade. Sua abordagem vai além da burocracia, focando em criar futuros, reunir famílias e abrir portas para novas possibilidades.


Conteúdos relacionados

/images/ds160.jpg

Veja um passo a passo de como preencher o DS160 sem erros.

/images/agendamento.jpg

Datas disponíveis para agendamento de visto americano

/images/usvisa.jpg

Veja um passo a passo de como tirar seu visto para os EUA

Atenção:

Esta página é apenas para fins informativos e não constituem um contrato. Como tal, qualquer informação contida neste site está sujeita a alterações com ou sem aviso prévio. A Mundo dos Vistos não se responsabiliza por estas mudanças. Busque sempre informações atualizadas.

Clientes
Quero contratar